HITS PENTECOSTAIS

Conheça a história da primeira banda de rock gospel do Brasil

07 NOV 2016
07 de Novembro de 2016
Em 13 de julho de 1985, Bob Geldof organizou o Live Aid, um show simultâneo em Londres, na Inglaterra e na Filadélfia, nos Estados Unidos. O objetivo principal era o fim da fome na Etiópia e contou com a presença de artistas como The Who, Status Quo, Led Zeppelin, Dire Straits, Madonna, Queen, Joan Baez, David Bowie, BB King, Mick Jagger, Sting, Scorpions, U2, Paul McCartney, Phil Collins (que tocou nos dois lugares), Eric Clapton e Black Sabbath.
 
Foi transmitido ao vivo pela BBC para diversos países e abriu os olhos do mundo para a miséria no continente africano. 20 anos depois, em 2005, Bob Geldof organizou o Live 8 como uma nova edição, com estrutura maior e shows em mais países com o objetivo de pressionar os líderes do G8 para perdoar a dívida externa dos países mais pobres erradicar a miséria do mundo.
No Live 8 o Grupo de Rock Britânico Pink Floyd tocou junto, depois de 20 anos de separação.

Desde então, o dia 13 de julho passou a ser conhecido como Dia Mundial do Rock.

Como hoje é o dia Mundial do Rock, conheça a história da primeira banda de rock gospel no Brasil, o Katsbarnea:

Ícone da música gospel nacional, a banda de rock Katsbarnea surgiu em São Paulo no ano de 1988, em meio à efervescência do rock de protesto no Brasil. Suas letras e estética musical romperam com a estrutura até então vigente no cenário cristão, trazendo à tona temas como drogas, desequilíbrio ecológico, abuso do álcool, violência e desigualdade social.

Considerada percussora do movimento gospel, a banda venceu o FICO (Festival Interno do Colégio Objetivo) com a música “Extra”, em 1990. No ano seguinte, lançou seu primeiro disco “Katsbarnea - 1991” que solidificou sua carreira e deu a oportunidade de participar de programas como o “Matéria Prima” (TV Cultura), então apresentado por Serginho Groisman, além de ter matérias registradas em programas da MTV, na revista “Veja”, “Caderno 2” do jornal O Estado de S. Paulo, “Folha Ilustrada” da Folha de S. Paulo, entre outros.

Em 1993, lançou o álbum "Cristo ou Barrabás?", produzido por Rick Bonadio que contou com a participação do músico Tomati (atualmente integrante do sexteto do "Programa do Jô") nas guitarras. "Armagedom" é o nome do álbum lançado em 1995 e que trouxe a clássica "Gênesis" para a boca do povo. No ano 2000, a banda lançou “Katsbarnea Acústico” gravado ao vivo no DirecTV Music Hall (São Paulo).

 O trabalho, registrado em CD e Home Video, ultrapassou a marca de 100.000 cópias vendidas e rendeu uma turnê de aproximadamente dois anos, levando a banda a excursionar por todo Brasil e em cidades da Bolívia, Argentina, Uruguai, Inglaterra e Israel. A banda lançou em 2003 o álbum "Profecia", revisitando seus sucessos com uma nova sonoriedade, fundindo o rock com a música clássica.

A turnê deste álbum levou o nome de "Ácidas Estrelas" e durou até 2004. Completando 18 anos de existência, Katsbarnea lança em 2006 seu oitavo álbum. No ano seguinte, gravaram um DVD comemorativo com diversos sucessos do grupo e o CD "A Tinta de Deus". Neste ano, o Kats vem com tudo com o seu novo trabalho, "Nasceu um Novo Dia".

Um fato curioso e que merece ser destacado é a presença maciça de adolescentes nas apresentações do grupo com tantos anos de carreira. Tal fato confirma a vocação original da banda que é levar os jovens ao questionamento crucial da existência humana: o valor da vida.
Confira o clipe "Perto de Deus", disponível no CD "A  Tinta de Deus"
Nasceu um Novo Dia!
 
Katsbarnea, a primeira banda de rock gospel do Brasil está com novos projetos. Após quatro anos sem gravar, o Kats, como é chamado carinhosamente pelos fãs, lança o single “Nasceu um Novo Dia” (Chuva de Bençãos), disponível atualmente no Itunes Store. O CD com 10 músicas inéditas chegará às lojas de todo o país ainda neste ano.
 
Em uma matéria especial, os integrantes do grupo falam sobre essa nova fase. Confira:
Com Paulinho Makuko (vocal), Marrash Bastos (bateria) e Moisés Brandão (baixo), a banda prepara o novo show, já com o novo guitarrista. No repertório, músicas do álbum: “A Tinta de Deus”, inéditas e grandes clássicos como “Extra”, “Corredor 18” e“Apocalipse” prometem agitar o público. O Katsbarnea também está preparando um DVD para 2013.
 
Com 10 CDs gravados, 2 DVDs e mais de 500 mil cópias vendidas em toda sua carreira, Katsbarnea fez uma história na música gospel e ainda tem muito mais para escrever com o seu bom rock and roll.
Raquel Tenuta - Redação iGospel
 

Voltar